Leveza da alma - uma captura do ser através d... Silvinhapoeta R$40,00
CONVERSAS COM O TRAVESSEIRO Silvinhapoeta R$40,00
Palavra é arte Silvinhapoeta R$30,00
 

Silvinha Poeta

O corpo fala

Textos

Palavras, parole, paroles, words

Palavras, parole, paroles, words

Incrível como o uso e conceitos de palavras mudam conforme o tempo. Quem já viveu dirá. Desde gírias: brotinho, brasa mora, chapa, rapa, maneiro, paquera, flertar, flerte, até: ficante, ficar, dar um tapa, pegou ranço, biscoiteiro, partiu stalker stalkear, deu ruim, crush, mina, mano, nada em ordem cronológica, bem explicado.
Não obstante, os estrangeirismos, ah os estrangeirismos..
Que dor sentimos, ao menos quem tem o mínimo de decência linguística, quando ouvimos o famoso gerundismo, que já foi motivo de outros escritos, esse tem história. Prosódia pedante e que, aceitemos ou não, continuará nas falas televisivas, de políticos e até de pseudointelectuais.
Não, faz parte da história, e da História. Já pode ser hoje estória. Não é louco ? Então, acontece que a Língua , sendo transitória e estanque enquanto houver gente, tecnologia e relações sociais estaremos sempre em atualização e modernizando, sem perder o mínimo da nossa gramática inteligível, por favor! Ai, novo tema!
Silvinhapoeta
Enviado por Silvinhapoeta em 07/01/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras