CONVERSAS COM O TRAVESSEIRO Silvinhapoeta R$40,00
Palavra é arte Silvinhapoeta R$30,00
 

Silvinha Poeta

O corpo fala

Textos


Amor abundante

Quando te vi não sabia que outrora não sentira
O amor que se revelava puro e intenso
Em minha última quimera tentei incessante
Evolvê-lo em meus braços em vil pretenso

Eu que há muito estava a renegar o amor
Acostumada ao revés do infortúnio
Dissabores de amores insanos, a dor
Depois, como magia, amor único

Tu viestes encantar minhas manhãs
Completar-me nas noites de luar
Redundar-me de natureza nas estações do ano
Enfeitar-me-ei de ouro louçã

Seguiremos, assim, noites aprumo
Sem rumo, o torpor dos amantes
Como tudo o que é bom, abundante
E viver o instante, amar, em resumo


Referência da foto: https://www.artmajeur.com/medias/standard/n/i/niceasromeozanchett/artwork/10934338_foto151010.jpg
Silvinhapoeta
Enviado por Silvinhapoeta em 27/10/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras